top of page
  • Foto do escritorVitoria

Comissão Acreana viaja em busca de novas técnicas de Aterro Sanitário

Comitiva de Prefeitos Acreanos faz visita ao Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) da Cidade de Uberlândia na última quinta-feira (18), eles estiveram na sede da autarquia e no aterro sanitário de Uberlândia com o objetivo de conhecer o funcionamento e as características do sistema de saneamento responsável pelo recolhimento, transporte e destinação final dos resíduos sólidos.

A comitiva foi liderada pelo Presidente da AMAC e Prefeito da Capital Sebastião Bocalom,

acompanhado do Prefeito de Acrelândia Olavo Rezende, do Prefeito de Assis Brasil Jerry Correia, do Prefeito de Bujari João Edvaldo, do Prefeito de Plácido de Castro Camilo Silva e seu presidente da Câmara, José Nunes, da Prefeita de Senador Guiomard Rosana Gomes, sua Secretária de Governo Isabel Olegário e sua Assessora Edileuda Ribeiro. Representando os Municípios de forma geral, o Coord. Executivo Adm. Marcus Frederick também acompanhou a equipe. O diretor-geral do Dmae, Adicionaldo dos Reis Cardoso, destacou que Uberlândia é uma cidade referência em saneamento e os prefeitos visitantes levam uma boa impressão do município. A ideia da visita em grupo, segundo o prefeito de Rio Branco, Sebatião Bocalon, é pensar na criação de um consórcio para a destinação final dos resíduos sólidos dos municípios junto a capital, que já conta um aterro controlado. “Uberlândia tem a expertise necessária que a gente pode levar para lá.

Já a transformação do lixo em energia elétrica é um sonho nosso desde 2012, e essa ideia ao ver funcionando em Uberlândia. Não tenho dúvida de que vai se consolidar, junto com os municípios vizinhos”, disse Bocalom. Para o coordenador executivo da Associação de Municípios do Acre (AMAC), Marcus Frederik, a visita contribuiu com conhecimentos de uma nova técnica, que auxilia no desenvolvimento de soluções a serem aplicadas no Estado do Acre. “Atualmente, Rio Branco conta com uma unidade de tratamentos de resíduos e o objetivo é melhorar para chegar próximo ao que se observa em Uberlândia. Os outros municípios vão trabalhar em consórcio para baratear os custos com projeto de duas unidades de resíduos para atender todo o Estado”. Confira a entrevista completa do Coordenador clicando AQUI.





47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page